CONTATO
marketing@empreenderjr.com
Telefone: (14) 3404-4200
Ramal: 4230
HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO
Segunda à sexta
08hrs às 18hrs
 
ONDE ESTAMOS
Av. Domingos da Costa Lopes, 780
Unesp - Câmpus de Tupã
Tupã - SP, 17602-496
EMPREENDER JR.
Quem somos
Blog
Portfólio
  • empreender_jr
  • LinkedIn ícone social
  • Facebook ícone social
  • YouTube ícone social

© 2019 por Diretoria de Marketing - Empreender Jr.

Consultoria em Gestão e Agronegócio

  • Empreender Jr.

E o Plano de Carreira, você já fez o seu?


“Cada vez mais as pessoas procuram por um ambiente que possibilite desenvolvimento contínuo.”

Após o processo de seleção e recrutamento, um dos principais desafios da área de Gestão de Pessoas e/ou Recursos Humanos, é a retenção de colaboradores, ou seja, fazer com que eles queiram ficar e fazer parte do crescimento da organização. Mas como fazer com que eles queiram trabalhar para o desenvolvimento da empresa durante um bom tempo? Já pensou em desenvolver um Plano de Carreiras na sua empresa?

O Plano de Carreira nada mais é do que uma oportunidade de crescimento e desenvolvimento pessoal do colaborador, estrategicamente alinhado com os objetivos e o propósito da empresa, para que ambos estejam caminhando e evoluindo em conjunto, lado a lado. A partir disso, é interessante refletir em alguns tipos de questionamentos que podem ser feitos para os trabalhadores, a fim de proporcionar uma reflexão de perspectivas para o futuro deles, bem como: o que eles pensam para os próximos anos? Como se imaginam daqui 5 anos? Enxergam que a empresa oferece oportunidade de crescimento? Possuem perfil para o cargo que estão pleiteando? Quais são os pré-requisitos daquele cargo?

Após o alinhamento entre as expectativas dos dois agentes (empresa e funcionário), é necessário apresentar a eles a imensidão de oportunidades que possuem ali dentro, e é de extrema importância estabelecer indicadores que mensurem a evolução e o caminho que o colaborador deseja trilhar ao decorrer de sua jornada.

“Meu melhor vendedor virou gerente. Agora, além de perder meu melhor vendedor, ganhei um péssimo gestor.”

É primordial acompanhá-lo de perto e analisar se o mesmo possui o perfil para o escopo ou função a ser assumida. Um análogo famoso diz respeito à uma historia de que um excelente vendedor acabou virando gerente, por conta do seu perfil ser totalmente voltado ao Front Office (parte de relacionamento e representatividade). Com as novas responsabilidades de gerente, acabou se frustrando e não executou o trabalho da melhor forma, e ainda teve uma queda no desempenho de vendas, no qual, fazia muito bem antes de ter sido promovido. Por isso, a atenção e a preocupação de direcionar as pessoas certas para os lugares certos precisam ser redobradas.

- Mas e agora?! Será que realmente estou proporcionando um desenvolvimento pessoal para os meus colaboradores? O que devo fazer para ter um Plano de Carreira ideal para o meu tipo de empresa?

Uma das estruturas mais utilizadas pelas principais empresas do mundo é a Estrutura Paralela, nela, as oportunidades para crescimento profissional abrem uma bifurcação, dois caminhos, um deles é de natureza mais gerencial e outra mais técnica ou profissional. O plano de carreira que possui essa forma não pune os colaboradores que não têm vontade de liderar uma equipe ou ocupar uma posição mais administrativa. Nesse sentido, qualquer que seja a escolha, o trabalhador terá acesso a maiores remunerações e reconhecimento.

Levando em consideração que o desempenho da empresa depende das pessoas, é necessário cuidar muito bem delas, norteá-las e dar um direcionamento, para que a empresa tenha clareza de onde está, para onde quer ir e que os funcionários acompanhem esse mesmo caminho, por meio de um Plano de Carreiras individual de cada colaborador alinhado com o da organização.


144 visualizações